Quinta-feira, 5 de Agosto de 2010

Sunday Bloody Sunday

E eu não consigo acreditar no que fomos. No que fomos no infinito anteontem. Fomos tão diferentes, tão ilimitados, tão sonhadores. Tão inexplicavelmente ligados, tão fortes, tão perfeitos. Fomos o que hoje consideramos impossível, mas ainda anteontem considerámos real. Fomos inesqueciveis, fomos heróis, fomos tudo, tudo de bom, anteontem. E agora olhamos para nós. Que nos aconteceu? Quem nos transformou no que somos agora? Nós. Nós tornámo-nos fracos, futéis, inúteis. Tornámo-nos o contrário de anteontem. Agora somos apenas frágeis figuras pintadas a carvão, com linhas tremidas, e cores misturadas. Já não preenchemos o desenho. Encontra-se uma imagem vaga. Anteontem era bonita, fantástica. Anteontem éramos bonitos, fantásticos. Anteontem, anteontem. Tenho saudades. Bastantes saudades do memorável anteontem.

tags: ,

publicado por killua às 20:04
link do post | favorito
Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 105 seguidores

pesquisar

 

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

tags

todas as tags

favoritos

need you like water in my...

Letters

SAPO Blogs

subscrever feeds