Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

Indiferença

Estava numa mera aula de português. Sim, uma mera porque as aulas são assim. Cansativas, aborrecidas, sem vida.

Bateram à porta.

«Ann, olá, somos do correio da amizade».

«Ahh, distribuiam lá»

Elas começaram a entoar os nomes manuscritos dos envelopes. «Ana Luisa». «Ana Maria». «Carolina». «Carolina». «Inês». «Carlos». «Carolina».

«Sara» - levantei-me, e de cabeça baixa fui buscá-la.

«Irchad». «Helena». «Carolina».

A lista perlongou-se. Perlongou-se com Carolinas, Anas Marias e Anas Luísas.

E eu perguntei a mim mesma, porque é que eu, escrevendo a tanta gente recebi apenas umas 3 simples cartas. E a outra aluna nova, recebera 17. Sim, a diferença é enorme.

E eu aí apercebi-me.

Apercebi-me de que eu não significo nada.

Que eu não valho lá.

Que se criasse um inquérito «Qual das alunas novas preferes? Carolina ou Sara?», a maioria seria a 1ª opção.

 

Não me concentrei mais na aula, não consegui.

E até tendo um texto de 2 páginas para completar naquela aula, que valeria para a minha avaliação, não ficou como eu esperava.

 

E que isto não são ciúmes. Não são. São feridas psicológicas que nada nem ninguém poderá curar.

sinto-me: life, life is life.
música: Now You're Gone.
tags:

publicado por killua às 23:03
link do post | favorito
Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.


mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 105 seguidores

pesquisar

 

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos

tags

todas as tags

favoritos

need you like water in my...

Letters

SAPO Blogs

subscrever feeds