Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2011

you got into my bloodstream

NÃO NÃO NÃO NÃO! não assim, recuso-me a perdoar tais actos imperdoaveis, e a amar o que agora era desconhecido para mim, e a viver longe, e sentir-te perto e amar-te imenso e odiar-te tanto. A olhar para o mundo com os olhos que aprendi contigo, e a usar o sorriso que me ofereceste. E a pôr um ponto final, não não não! a minha mente ardia tanto que deixei de respirar por instantes recusava-me a aceitar a estranha situação, e a ouvir tais palavras assustadores. Recusava-me a entrar na sala da luz, mesmo sabendo que era necessário. E recusava-me a retirar o vestido de noivado que outrora fora meu, fora nosso, representara amor. Recusava-me a acreditar que o fogo se tinha apagado. Que eu tinha baixado a espada, deixado o fogo invadir-me, perdido a guerra.

As minhas veias já se encontravam fracas graças ás injecções para retirar as dores que havia tomado mas continuava tudo na mesma. Chuva, muita muita chuva. Frio, muito muito frio. Dor, muita muita dor. Uma dependência enorme em te ver comigo, e sentir-te comigo,  e cheirar a tua pele, ouvir o teu batimento cardiaco. Tu não merecias ter conseguido entrar dentro da minha corrente sanguínia. Percorrias o meu corpo como um vírus maligno, do qual nenhuma cirugia me faria livre. Causavas dor, muita dor. Magoavas, magoavas muito.

Chegaste até mim sem eu saber porquê, olhaste-me sem eu saber porquê.

Eu amei-te sem saber porquê,

porque o meu corpo deixou-te flutuar em mim, não mostrou nenhuma defesa, nada. deixou-te magoar-me. deixou-te matar tudo o que ainda gostava em mim. deixou-te triturar o meu cérebro e transformar-me no inferno.

eu ando aqui a morrer aos bocados. é uma história interessante de facto, dava um belo livro. mas quem teria coragem para a escrever? eu não.


publicado por killua às 14:32
link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito
|
Sábado, 27 de Novembro de 2010

you are the moon

i'm not afraid to cry .

-----------------------------------------------------------------------------------------------

«Andas de ténis e de calças com bolsos, tens uns olhos enormes e o cabelo despenteado. Nunca serás um senhor de fato e gravata, nunca serás administrador de um banco, nunca chegarás a casa com cara de chato, como fazem aqueles maridos que deixam crescer a barriga, andam de pantufas e passam horas colados aos canais de desporto. Tu és o meu amor perfeito, que me compra colares e me escreve bilhetes, que me dá a mão na rua, que me abraça no meio de todas as praças e me leva para a cama sem hora marcada.»

música: pedestal - portishead

publicado por killua às 18:24
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Novembro de 2010

I'M PRETTY, PRETTY CONFUSED

†misericordia

O amor é importante, porra.
Passo agora a escrever ,

nos mais diferentes tamanhos

e feitios .

De diferentes tipos de letra

e a bold e italic.

i'm weird.

TIME IS THE CURE    - - - - - - - - -

(clube de artes - 3/11)
Passámos uma tarde muito ''pessoal''. Penso que nestes 90 minutos a professora ficou a conhecer-me melhor do que durante os dois anos que eu a conheço.
professora - isto é assim todas as aulas?

carlos - é sim stora! está a ver o que eu aturo?

sara - não tenho culpa, é o amor.

'' o    ~~   é sexualmente atraente ! ''

professora: SARA! Isso diz-se? Estão aqui menores.

carlos: habitue-se.

sim, eu amo-te.

Já não te cumprimento desde 14/09/2010. Doí. Doí muito.


publicado por killua às 23:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Outubro de 2010

culpem - me

opinião


publicado por killua às 20:50
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 5 de Setembro de 2010

s c h o o l - is starting !

 

- MADE BY ME ! NADA DE CÓPIAS !

« Queres um destes  ?  Deixa 22 comentários ao post com os dados do teu separador / horário / marcador de testes / etiqueta / outros que eu faço ! »

Válido até 20/Setembro

desculpem pessoal mas não tenho recebido comentários nenhuns , e muita gente me tem pedido para eu fazer !

 

raquel :

já acabei um dos pedidos o:

ficou horrível , but anyway , espero que gostes. se não gostares , diz , eu mudo , é na boa (;

 

annamarques:

em minha opinião, ficou feio . . . mas diz - me o que achas (:

já cá estão os dois .. espero que gostes , beijinhos !

#1 - http://img714.imageshack.us/img714/9600/horrioraquel.png

#2 - http://img683.imageshack.us/img683/9459/etiquetaanna.png

#3 - http://img826.imageshack.us/img826/3808/etiquetaanna1.png

está em tamanho A4 :b


publicado por killua às 18:44
link do post | comentar | ver comentários (183) | favorito
|
Domingo, 29 de Agosto de 2010

crying lightning

Caminhámos. Já nos doía os pés de andármos, descalços, por cima das pedras, de calcármos os vidros e de nunca parármos. Os pés até sangravam, lentamente... Sentimos que já não havia nenhuma saída. Estávamos presos, sem destino, ou sitio por onde ir. Mas lutámos.

E só por isso, só por isso coração, merecêmos tudo. Porque esperámos a nossa morte, não a apressámos. Porque continuámos sempre a procurar, nunca nos deixámos estar. A olhar. Nunca desistimos, as nossas fraquezas não nos fizéram menos fortes. Elas fizéram-nos errar, isso é certo, mas nunca como das outras vezes.

E hoje é hoje. Hoje é o dia. O dia da nossa despedida. Teria de ser. Amo-te, apenas e só.

música: artic monkeys - crying lightning

publicado por killua às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

hoje fui ser feliz

'' Won't tell anybody how you turn my world around
I won't tell anyone how your voice is my favourite sound
Won't tell anybody

Won't tell anybody
They want to push me down
They want to see you fall. ''

sinto-me: won't tell anyone.
música: parachute

publicado por killua às 21:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Julho de 2010

obrigada . love is a human right ?

Estive a controlar as visitas do blog e durante cerca de 5 minutos recebi mais de 200 visitas.

Muito obrigada a todos.

E muito obrigada a todos que me ajudaram no post abaixo. *

Já estou melhor.

* Odeio quando as pessoas a que se dirigem os posts os lêm. O Cláudio fazia-o. Foi assim que ele descobriu.

-------------------------------------------------------------

ACHO ESTA IMAGEM TÃÃO PATÉTICA.

cada um tem o direito de acreditar no que quiser. e eu tenho o direito de acreditar que não existe amor.

 

 

 

João: e sim "gostar" existe

Sara: não concordo.

João: e so mais facil odiar

Sara: mas não acho que exista. pff , agora ninguém acredita nisso

João: amar tb existe, penso que sim acredito que sim. e quero acreditar que o que eu senti por alguem n passou de ilusao ;) os sentimentos existem podes tentar esconde-los esquece-los mas nunca os apagarás... quem me dera...XD. se nao sentisses se nao gostasses de nada se o gostar nao existisse por que viverias? so estou a argumentar. nao podes evitar. n gostas la do tal xx? nao gstaste do nosso encontro? podes nao ter gstado, mas algo sentiste. e se o odio existe, o gostar tb tem de existir. senao nao fazia sentido.... tu para nao gostares de alguma coisa e pq nao gostas dela. "nao gostar", ou odiar, logo o gostar tb existe. nao concordas? tens sempre a opção de gstar ou nao, a indiferença nao existe.... ate certo pontoXD

Sara: pode existir amar, mas nunca ninguém amará como devia . ninguém iria morrer por essa pessoa , sofrer por essa pessoa , fazer tudo por essa pessoa .

João: ate que ponto isso e amar? define amar. o amar existe....

Sara: whatever, já desisti de acreditar nisso.

João: o amor tem de existir... e um cliche mas e verdade. acreditas no que te e facil, no que nao doi, no que queres acreditar, amar?magoa.... mas pronto....diferentes pontos de vista. e esta-me a parecer que estas carente de afecto.

Sara: pois , talvez

João: para algo te faltar("amor") e porque sentes falta, e porque precisas mas nap tens, e porque existe, se nao existisse, nao sentias falta * acho que me compreendes. eu acredito em ti sara. tu es ALGUEM, percebes? nao es so mais uma perdida na multidao

* Eu tinha na frase do msn: Chama-se Saudades (L)

Sara: mas eu desisti de acreditar em mim :)

João: porque? nao desistas

Sara: porque já nem faz sentido lutar

João: eu sei... e complicado, nem sou a pessoa ideal para te ajudar. ja senti o que sentes. acho que todos sentem. mas os cobardes fogem a isso you know? you are a special person, you know why?

----

João: seja do que for, ainda não acreditas no gosto? em gostar?XD

Sara: gostar sim , amar nao

João: mas sabes, apenas gostar não e mau de todo. amar, opa amar e diferente e confuso e de certo modo perturbador mas não deixa de ser brutal sabes? e sim o amor existe pelo menos o meu e isso eu sei

 

 

Sara: odeio amor . odeio amar . odeio esta shit chamada vida .

tags: , ,

publicado por killua às 18:20
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Abril de 2010

Tell me when you hear my silence ♥

The fabric of your flesh, pure as a wedding dress.

E tu não valheste nada. Foste uma perda de tempo. Foste a dor e a solidão. Foste a metáfora que não conseguia explicar. Foste o susto e o medo. Foste a beleza e as aparências. Foste tudo o que nunca quis. Foste tudo , tudo o que poderias ter sido menos o que mais queria . Não foste o abraço , não foste o sorriso , não foste o beijo , não foste o ombro para chorar , não foste o amor . Não foste aquele que eu pensava que poderias ser . Foste aquele que sempre critiquei . Foste aquele a que dizia que nunca me iria apaixonar . Foste alguém . Alguém . Nunca quisseste saber do que queria , do que desejava , do que sonhava . Nunca te interessou saber de quem eu pensava naqueles meus momentos nostálgicos . Naqueles momentos em que pensava que faltava algo em mim . Naqueles tempos que não ouvia a matéria , em que ficava a rascunhar quotes no caderno enquanto olhava para ti . Se soubesses que eras sempre tu que estavas nesses momentos , talvez tivesses mudado de opnião . Se tu soubesses que para mim as palavras não valem nada por vezes , não o farias . Se soubesses que a imagem não vale nada , aceitarias-me . Era giro . Era giro se isso acontecesse mas não . És fútil . És tudo e nada .

 

És a vida e a morte , és o conforto e o incómodo , és a alegria e a tristeza .

És o que sempre quis mas que nunca vou ter.

tags: , , , , , , ,

publicado por killua às 00:04
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Sábado, 3 de Abril de 2010

Why pretend? ♥

''Eu estava sentada num banco próximo , com os phones nos ouvidos a cantarolar para mim o Born For This dos Paramore . Trocávamos olhares , olhares de raiva , olhares de amor , não sei . Tu fingias que nada se passava . Sim , fingias . Conheço-te minimamente bem para saber isso .''

tags: , , , , , , , , ,

publicado por killua às 23:46
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Abril de 2010

It's Cotton Candy ♥

Gosto de muitos doces . Adoro o doce do gelado de filipinos da minha mãe . Adoro o arroz-doce ainda quente . Adoro comer leite de creme logo depois do almoço . Gosto de lamber os dedos , de me rir . Ah , amo algodão doce . Sou capaz até de dizer que é o doce do nosso amor . Lembras-te daquele dia ? Na nova feira-popular ? Combinámos a saída . Estava tão entusiasmada , nervosa , por ir ter contigo . Estava mesmo a ficar stressada , até que ouvi a campainha tocar . « Oh Meu Deus , que vou eu fazer ? » pensei . Desci , abri a porta . « Olá. » foi como me cumprimentas-te. « Olá . » respondi eu num tom solene . « WOOOW , estás linda ! » elogiaste-me . « Oh , obrigada » corei , fiquei toda vermelha . « Vou buscar o meu casaco , volto já » . E fui , sorrindo , apetecendo-me berrar o teu nome . Apesar de ainda não nos conhecermos bem , conheciamo-nos há tempo suficiente para saber que te adoro . Peguei no casaco e voltei . Peguei nas chaves de casa , pûs o telemóvel e a carteira no bolso do casaco , e sai contigo . Estava uma noite maravilhosa . Era lua cheia , e a lua estava tão bela e cristalina que parecia um grande diamante . A brisa era fresca , mas não fria . Fomos conversando . Visto que a feira era perto , fomos a pé . E fomos sempre um ao lado do outro a falar . Chegámos á feira popular . Fomos para a bilheteira . Pedimos dois bilhetes e entrámos . Adoro feiras-populares . Adoro as montanhas russas , os carroséis , adoro tudo nas feiras-populares . Penso nelas como uma forma de diversão . Convidaste-me para ir ao carrósel rápido . Era um intitulado de '' Neve Gelada '' . Rodopiava , rodopiava para trás , a uma velocidade imensa . Penso que talvez tenha sido o carrósel mais divertido em que alguma vez andara . Adorei , principalmente a companhia . Também andámos em montanhas-russas e outras diversões . Fomos a um daqueles jogos , sabem ? Aqueles jogos em que se têm arcos e se têm de atirar para as garrafas ? Ele jogou um desses , por mim . E ele pediu para eu escolher um dos bonecos expostos . Escolhi um urso . Um urso de peluche , cor-de-rosa , com um coração . Ele olhou-me , com aquele olhar , que me enfeitiçou . E jogou , jogou bastantes vezes , deve ter quase ficado sem dinheiro . No final eramos só eu e ele , a abraçar o peluche . Outra das coisas que adoro nas feiras-populares é a comida . Aquela comida de plástico que nos faz ficar enormes , bastante gordas . Uma vez , de vez em quando não há de me fazer mal . Gosto das farturas , de as levar para o pequeno-almoço do dia seguinte . Também gosto daquelas coisas , que não faço ideia do nome . Lá dentro , leva ketchup , maionese e mostarda . E as pipocas ? Delicia . Odeio pipocas salgadas , adoro doces . Odeio encontrar o milho , mas adoro tudo o resto . Mas o que eu gosto mesmo , o que eu gosto mais , é do algodão doce . Adoro ver as pessoas a fazê-lo . E adoro o algodão doce cor-de-rosa , apesar de naquela haver algodão doce azul , laranja , amarelo ... Pedímos um algodão doce cor-de-rosa . Eu peguei , visto que tu tinhas o meu peluche cor-de-rosa . E saímos da feira ,  de mãos dadas , a comer algodão doce . As tuas mãos eram frias , o teu coração estava acesso , o algodão doce sabia bem .

tags: , , , , , , , ,

publicado por killua às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (27) | favorito
|
Terça-feira, 30 de Março de 2010

Somehow Everything Is Gonna Fall ♥

Apetece-me gritar . Dar um berro e um murro no meu coração . Apagar as más experiências , deixar cá as boas . Apetece-me fazer o teu coração sofrer tal como fizeste ao meu . Apetece-me mudar de rumo . Apetece-me fazer coisas que nunca faria , gritar coisas que nunca diria a ninguém , viver do gozo . Apetece-me também jogar um jogo , certamente , o que tens feito este tempo todo . Apetece-me algo . Tenho uma espécie de dejá vu dentro de mim há espera de ser revelado . Tenho palavras na minha garganta que imploram para sairem . Tenho uma mente especialmente reversa para este tipo de situações . Passei por imensas . Mas de tudo o que revelei , o que me apetecia mesmo , era ter-te comigo . Mas não dá . Foste tu que decidiste fazer as coisas deste modo . Foi tua a ideia de nunca mais falarmos . Tua a ideia de me fazer chorar . Tua a ideia de me deixares . E sinceramente , deixa estar . Estou bem assim . O meu cérebro sim , o coração não . Mas , aguento . Tenho de aguentar . Tenho de aguentar o que me tens feito passar , tenho de aguentar a ângustia de te ter ao meu lado e não te tocar . Hoje durante a aula , a tua caneta caiu . Eu quis ir apanhá-la . Baixei-me , mas depois a tua rápida mão alcançou-a . E nada disseste , eu tentei ajudar-te . A sério que tentei sorrir , mas não deu . Sabes bem que não me consigui concentrar . Estavas ali . Estavas vivo ao meu lado , a sussurar , aos papéis com outras raparigas . Estavas ali , estavas vivo , ao meu lado , mas sincerament , és um orgulhoso . Esta manhã , passámos ao mesmo tempo e nem um « Olá » disseste . Nem me cumprimentas-te , não me sorris-te com aquele teu olhar fantástico . Não brincas-te comigo . Há hora de almoço , não tirámos nenhuma foto para pôr nas nossas redes sociais . Não andei ás tuas cavalitas , nem me compraste um chocolate Kit Kat . Não fizémos nada do que costumávamos fazer . Ir para a escola já não era um sonho . Pareceu tudo cair . Pareceu tudo mudar , parecer tudo parar no tempo . Pareceu que tu mudaste . Más companhias ? Talvez . Outra pessoa ? Quem sabe . Novos passatempos ? Não és pessoa disso . Sinceramente , não sei o que te dizer . O que falar , se te hei de procurar . Não saberia o que dizer . Mas parece que tudo vai cair aos meus pés , que tudo deu uma reviravolta , que perdi tudo que demorei a alcançar . A questão que pára no ar é « Porquê ? » . Mas mesmo pelos simples papéis que mandamos durante as aulas , tenho medo , ou talvez vergonha de to dizer .

 

Sou uma inútil .

música: Hallelujah - Paramore
tags: , , , , , , , , ,

publicado por killua às 00:05
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Domingo, 28 de Março de 2010

You Took My Hand and Danced with Me ♥

Estava a chover . Chovia torrencialmente , imenso . O dia estava horroroso , estava um frio capaz de congelar , o vento empurrava-te para trás , a chuva pareciam lágrimas , que corriam , nunca parávam . Estava sem guarda-chuva , a única roupa que trazia era uma calças justas e uma camisola pouco quente . Corria , não me queria molhar . Não olhei para trás , nem fazia ideia de que ias atrás de mim . Tu tinhas um guarda-chuva . Tinhas um casaco quente sobre ti . Estavas aconcegado . Atravessei a estrada mesmo sem reparar se algum carro passava . Por pouco não fui atropelada . Entrei na loja das gomas . Depois de um dia assim , algo doce seria fantástico ! Apenas ao correres para chegar até mim é que percebi que estavas ali . Tentei ignorar-te , mas não consegui . O impaciente senhor das gomas entoou « Menina , vai querer alguma coisa ? » . Obviamente , respondi que sim . Passei os dois euros por cima do balcão e começei a pedir: « Um chupa pinta-línguas , um cogumelo , duas natilhas , quatro tartitas , uma linea amarela , ... » . Chegas-te ao pé de mim . « Olá. » , disses-te tu . Eu não quis responder , mas o meu coração foi mais forte que eu . « Ah... Olá . » . Continuei a pedir as minhas gomas . Tu tentaste falar comigo , e eu tentei novamente ignorar-te . No final de pedir , o senhor entregou-me as gomas por cima do balcão e eu peguei nelas . Tu fizeste-te de irónico e pediste-me uma goma , noutros tempos , seria eu a querer dar-ta . Eu dei , e tentei seguir caminho . Escondi as gomas no bolso para estas não se molharem e continuei . Vieste atrás de mim . Mantes-te o teu guarda-chuva em cima de mim . Estava a chorar , apesar de não parecer por causa da chuva . Disseste para eu te abraçar , e eu encostei a minha cabeça ao teu peito . Encostei e tu abraçaste-me . Andámos , sempre sem dizer uma única palavra . Até chegarmos a um pátio , a um belo pátio . Tu disseste-me para te dar a mão . Não disse nada , apenas toquei na tua mão . Apesar de o banco do pátio estar molhado , sentámo-nos lá . « Tenho frio. » , disse eu . Lentamente , sem dizeres uma única palavra , tiráste-o e colocáste-o nos meus ombros . Eu senti-me quente . Depois largaste o guarda-chuva . Levantaste-te e pediste-me para te dar a mão novamente . Eu dei . Foi aí que disseste, « Vamos dançar » . Sorri , pela primeira vez naquele momento e começei a rodopiar nos teus braços . Tu abraçaste-me , nunca me deixas-te cair . Estiveste sempre lá , como sempre estiveste mas nunca tinha reparado nisso . Senti que te amava . E foi aí que disseste o que eu estava á espera . Começou a chover ainda mais . Ficámos parados , mesmo juntos um ao outro . Encostas-te a tua boca ao meu ouvido , e sussuras-te  « Amo-te . » . O meu coração e a minha cara encheram-se de lágrimas . E até gritei , mesmo a altos berros , « EU AMOOO-TE !! » . E dançamos de novo , e foi aí démos o primeiro beijo . Encostá-mos os nossos lábios uns aos outros e senti o teu hálito . Senti os teus lábios secos a molharem-se com os meus molhados . Senti que te amava , que tu me amávas , que a nossa história seria sempre intitulada de conto de fadas .

 

Acordei sobressaltada , eram horas de ir para a escola . Big dream .

música: Almost Lover - A Fine Frenzy
tags: , , , , , , , , , ,

publicado por killua às 23:08
link do post | comentar | ver comentários (147) | favorito
|
Sábado, 27 de Março de 2010

supostamente

há quem diga que o vento é como o amor, vai, volta, ou por vezes nunca regressa.


publicado por killua às 23:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

what/who/why do i love?

~ saraaicha cullen ~ twilight ~ paramore ~ movies ~ music ~ new york ~ phone ~ twitter ~ tumblr ~ mini ~ ana madeira ~ anne ~ rita ~ heaven ~ kitKAT~ kitty ~ sweets ~ write ~ blog ~ someting about sadness ~ designaolic ~ runaway ~ fairytales ~ photoshop ~ zanessa ~ hsm~ brushes ~ deviantart ~ ana raquel ~ inês oliveira ~ hi5 ~ starbucks ~ photography ~ crazy ~ hair ~ bratz ~ janel parrish ~ nathalia ramos ~ logan browning ~ skyler shaye ~ avril lavigne ~ msn ~ textures ~ friends ~ sadness ~ laugh ~ fashion ~ drama ~ cosplay ~ uma estranha no espelho ~ alexandra ~ eugénio ~ fanmades ~ youtube ~ rihanna ~ richman ~ england ~ english ~ ccvb107 ~ love ~ faleria ~ illustrator ~ formspring ~ make-up ~ cats ~ mariana ~ francês ~ margot ~ family ~ hayley williams ~ para a minha irmã ~ por treze razões ~ mca ~ again and again ~ good girls go bad ~ alice in wonderland ~ miley ~ demi ~ selena ~ evanascence ~ wpm ~ pop ~ leopard backgrounds ~ zebras ~ make-up ~ black ~

tags: ,

publicado por killua às 22:50
link do post | comentar | ver comentários (33) | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

quero que isto tudo se lixe.

odeio a minha vida. odeio-vos.

tags: ,

publicado por killua às 22:03
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

you got into my bloodstre...

you are the moon

I'M PRETTY, PRETTY CONFUS...

culpem - me

s c h o o l - is starting...

crying lightning

hoje fui ser feliz

obrigada . love is a huma...

Tell me when you hear my ...

Why pretend? ♥

tags

todas as tags

favoritos

need you like water in my...

Letters

blogs SAPO

subscrever feeds