Quinta-feira, 27 de Maio de 2010

Castelo

E gostava que lá naqueles momentos solenes, eu saí-se. E fosse caminhar pelos pardos, aqueles pardos bonitos que tu me mostras-te. Aqueles em que outrora, foram o nosso cantinho. Naqueles momentos solenes, queria caminhar ainda mais que os pardos, passar as florestas, correr descalça, ser eu mesma. E encontra-se lá aquele castelo na região do Nada. Castelo Andante em minha frente se apresenta. Foi numa tarde de Agosto. Aquele ferro-velho lamentável apresentava-se à minha frente. Nunca acreditei muito nessa coisa de feiticeiros nem fadas, nem de bruxas. Nem sabia que a região do Nada existia verdadeiramente. Lá ninguém vive, apenas o Castelo Andante. Mas como o seu nome indica, o Castelo movimenta-se. É tudo comandado lá dentro. Alcancei-o com as mãos. Entrei, aquele calor vindo de dentro atraiu-me. Gritei por alguém, mas lá dentro ninguém se encontrava. Sentei-me no chão e deixei-me adormecer, naquele Castelo nunca antes visto.

 

Saí . Encontrei-me em www.raspberry-boom.pt.to , este blog é triste . e está ás moscas. sinto falta de um novo canto . até sempre , pode ser que um dia volte .

 

de uma outra, com amor.


publicado por killua às 22:03
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Castelo

tags

todas as tags

favoritos

need you like water in my...

Letters

blogs SAPO

subscrever feeds