Domingo, 29 de Maio de 2011

crianças

e tal como crescer lhe parecia aborrecido, viver era nada mais do que um desafio. encarava os problemas não como problemas, mas sim como desafios, aos quais se sentiria mais realizada por resolver sozinha. nada mais do que livros a satisfaziam, gostava de ler palavras, pois era como se estivesse a comer amêndoas ou a beber sumo de maçã. atrás das letras encontrava fantasmas elegantes, que a tratavam como uma princesa. sozinha encontrava-se feliz, mais do que quando os outros a acompanhavam porque eles não a percebiam: não gostava de chocolate nem de ir á praia; o sol assustava-a mais do que as próprias pessoas, tal como o cor-de-rosa a enjoava, apesar de não dizer a ninguém. lia livros de setecentas páginas e gostava de jogar xadrez, mesmo que nem sempre ganhase. falava com os animais porque eles a entendiam. encontrava formas diferentes de se expressar perante eles, vestia máscaras invisíveis perante as formigas e inventava palavras quando falava com as abelhas. boa aluna, adorava números e fórmulas ciêntificas. nem necessitva de estudar, possuia uma inteligência enorme, e natural.

acreditava que o amor era mais potente que a dor. acreditava que a imaginação era mais forte que o conhecimento, que os mitos eram mais potentes que os factos históricos. acreditava que os sonhos tinham mais potência que os factos, que a esperança sempre trinfava a experiência e que o amor era mais forte que a morte.

nada era impossível, aos seus olhos. até ao dia em que começou a ser suicida e deprimida. começou a ficar cansada. 

depois de tantos anos sozinha, sentia-se apenas cansada, exausta.

música: roads

publicado por killua às 22:45
link do post | comentar | favorito
|
60 comentários:
De lostdreams a 29 de Maio de 2011 às 23:34
:$
amei o texto


De lostdreams a 29 de Maio de 2011 às 23:41
de nada. gosto sempre muito dos teus textos :)


De leonnor. a 30 de Maio de 2011 às 20:07
olha q naaao x)


De Mariana Almeida * a 30 de Maio de 2011 às 20:47
lindo amora o:
loveyou <3


De lostdreams a 30 de Maio de 2011 às 21:42
eu percebo-te. também nunca fico satisfeita com o que faço.. para mim os textos das outras pessoas são sempre muito muito melhores que os meus..
beijo


De . a 3 de Junho de 2011 às 14:22

E eu ja tinha saudades destes textos lindos <3


De Teresa a 4 de Junho de 2011 às 16:34
que giro o blog $:


De leonnor. a 4 de Junho de 2011 às 20:30
thaaaaankssss :D


De leonnor. a 4 de Junho de 2011 às 20:38
é mesmo, adorava as nossas conversas, mesmo as mini 


De - katt ♪ a 4 de Junho de 2011 às 20:44
onde é que arranjas inspiração para textos destes? :o


Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

BOUT OF BOOKS CHALLENGE: ...

Top 10 Recs

121/1142

34/1001

...

esta rotina é um trauma

Wishlist - Sapatos

Futuro

i've been eating (for you...

4

tags

todas as tags

favoritos

need you like water in my...

Letters

blogs SAPO

subscrever feeds