Sábado, 4 de Setembro de 2010

life becomes a serial.

Agarrava-se ao corpo. Alimentava-se da nossa energia, e colava-se à pele. Libertava-se, por vezes, através de lágrimas. E por vezes, muito raramente, fazia-nos sorrir. Três vezes por ano. Duas. Uma. Nenhuma. E era uma coisa de tal maneira perturbadora, mas mesmo assim alguns gostavam dela. Não sei como. Mas bem, são as mentes de agora.

Acreditarem em algo que as faz sofrer, que não é para sempre.

E uma coisa que doí, que não dura, que magoa, que não devia existir.

Não espero que compreendam. Mas eu também já esperei tempo demais. Passaram-se séculos, e eu continuo aqui, sentada na minha cadeira de madeira, com o meu chá de menta na mão. E não, não espero mais. Desperdicei-me. Contigo. Agora quero viver, e morrer a viver. Já me resta pouco tempo, e tu tens o mundo há tua espera.

Amanhã já cá não estou.

Desejem-me boa viagem.

música: lightning strike

publicado por killua às 00:30
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De sara a 5 de Setembro de 2010 às 15:49
boa viajem :b


De erezioni a 7 de Setembro de 2010 às 08:38
me como o ar romântico do seu blog, para sonhar! essas fotos também parecem fantasiosas. blog legal!


De sibyl duerr a 9 de Setembro de 2010 às 13:45
que escrita maravilhosa! gostei imenso


Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

BOUT OF BOOKS CHALLENGE: ...

Top 10 Recs

121/1142

34/1001

...

esta rotina é um trauma

Wishlist - Sapatos

Futuro

i've been eating (for you...

4

tags

todas as tags

favoritos

need you like water in my...

Letters

blogs SAPO

subscrever feeds