Sábado, 19 de Junho de 2010

sentidos

Nada pode ir onde se encontra, nem significar-se a si: não há sentido, nunca, que não do outro. Isso proíbe-nos o conforto, a auto-referência satisfeita, talvez mesmo o repouso. (...) O sentido não está onde eu estou, mas onde eu vou; não é aquilo que nós somos, mas aquilo que nós fazemos; ou que nos faz.

A . Comte Sponville


publicado por killua às 17:58
link do post | comentar | favorito
|
52 comentários:
De - AnnaRaquel a 20 de Junho de 2010 às 10:56
que post perfeito *-*
beijinhos,


De - AnnaRaquel a 20 de Junho de 2010 às 14:05
de nada querida (:
oh, não é nada de mais $:
um beijinho,


De Beatriz Jacob a 21 de Junho de 2010 às 00:43
olá


De Beatriz Jacob a 21 de Junho de 2010 às 00:43
2


De Beatriz Jacob a 21 de Junho de 2010 às 00:43
3


De Beatriz Jacob a 21 de Junho de 2010 às 00:43
4


De Beatriz Jacob a 21 de Junho de 2010 às 00:43
5


De Beatriz Jacob a 21 de Junho de 2010 às 00:43
6


De Beatriz Jacob a 21 de Junho de 2010 às 00:44
7


De Beatriz Jacob a 21 de Junho de 2010 às 00:44
8


Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

BOUT OF BOOKS CHALLENGE: ...

Top 10 Recs

121/1142

34/1001

...

esta rotina é um trauma

Wishlist - Sapatos

Futuro

i've been eating (for you...

4

tags

todas as tags

favoritos

need you like water in my...

Letters

blogs SAPO

subscrever feeds